Teatro Espontâneo

É de graça!!!!
oBa! 😉

Neste sábado, vamos apresentar uma pequena mostra do resultado do projeto “Cena Espontânea”. Os atores e atrizes estão prontinhos e quentinhos para atuar.
Todxs nós temos histórias a contar, muitas delas poderiam virar livros e filmes, aqui elas se transformarão em esquetes, pequenas cenas teatrais através do Teatro Espontâneo, utilizando a técnica do Teatro playback. Um teatro que põe em cena histórias e sentimentos do público. Um teatro sem roteiro, sem texto, proposto em linhas abertas de significado com base em uma história, uma memória viva, uma emoção sentida.

A apresentação será na maumau no espaço da Sala Monstra.
Vamos ter comidinhas, música e cervejinhas pra dar aquela relaxada em nosso quintal!

E desde já, agradecemos a todxs xs Atores e atrizes participantes:
– Abril García Ventura
– Alyne Macedo
– Diana M. Giraldo
– Elisangela Silva
– Géssyka Pereira
– Kessia Nepomuceno
– Natali Heinrich
– Tácio Russo
– Tiago Araujo
– Guilherme Fischer
– Rodrigo Monte

Vem compartilhar aquela tua história com a gente!
Faz da tua vida uma cena! Uh lala!

Abaixo um pouco do registro do que rolou nos encontros com Angelo Borim e Natalia Brown e das nossas apresentações nos asilos.

   

   

 


Sala Monstra | Maumau

 


Lar dos Humildes

Lar de Jesus

Casa do Amor

Centro Geriátrico Yeda Lucena

 

clique aqui para assistir ao vídeo Cena Espontânea

 

 

Sobre o projeto Cena Espontânea:
Cena Espontânea é um projeto de Teatro Espontâneo para jovens iniciantes na linguagem teatral. Projeto criado e coordenado pela arte-educadora pernambucana Natalia Brown, graduada em Artes Cênicas pela UFPE e especialista em Dramaterapia pela Unversidad de Chile, responsável pelas aulas práticas e direção artística das apresentações públicas na Maumau e instituições que abrigam idosos (as).

Este projeto foi inicialmente planejado para ser ministrado, com embasamento teórico e prático pelo professor convidado Moysés Aguiar(SP) , psicodramatista, pioneiro desta linguagem teatral no Brasil e responsável por propagar no Brasil esta vertente das artes cênicas, de relevante reconhecimento na América Latina.

Infelizmente nosso querido professor, faleceu meses antes da oficina. Sendo substituído pelo seu aluno psicólogo e arte educador Angelo Borim(SP).

Para estas apresentações públicas, este projeto também contou com a participação da atriz, cantora e multi-instrumentista Adriana Milet, licenciada em Música e atuante em diversas produções musicais do Recife, para a sonoplastia das apresentações.