Corpo em Movimento Jogos de improvisação e composição

Por Carol Lobo
De que forma eu me coloco no coletivo ?
De uma forma lúdica e espontânea vamos trilhar nesses 4 encontros formas de experienciar, através da dança e do movimento, a presença em si e com o outro a partir dos jogos de improvisação e composição coletiva. Vamos buscar sensibilizar nosso corpo e as nossas expressões individuais estudando a relação que eu crio com o outro e com o coletivo de forma consciente e responsável, investigando modos criativos de estar em grupo.
Quando estabelecemos em nós a presença, tudo ao nosso redor muda sutilmente. Os cheiros ficam mais presentes, as cores mais fortes e cada movimento que fazemos parece esta preenchido da nossa consciência. Observamos nosso corpo e agimos diante da nossa potencia, expressando cada instante.
Quando entramos no jogo do movimento, nos relacionamos com a possibilidade de alargar nossa presença junto com o outro e assim criar coletivamente um campo de auto observação e parceria onde expressamos o que sentimos em sintonia com o coletivo.

Não é necessário saber dançar ou ter experiencia em trabalhos corporais. Essa é uma aula para descobertas, ideal pra quem gosta de dançar mas não se identifica com aulas do tipo “fazer coreografias”. Serão quatro semanas para investigar e conhecer novas possibilidades de mover e criar.

Serviço:
Segundas
19h00 as 21h30
de 18/06 a 09/07
valor: R$120,00 (facilitamos o pagamento, basta entrar em contato)
Inscrição: https://goo.gl/forms/C1JxdzyR1OgZZo482
Facilitadora: Carolina Lobo
http://tinyurl.com/carolinalobo
(81) 99725 9217
carolinalmn@gmail.com
https://www.facebook.com/Dancaeautoconhecimento/

Sobre Carol
Carolina lobo é terapeuta corporal, dançarina e professora. Trabalha, alem da dança, com massagem, reiki e Leitura de aura (em fase de treinamento). Trilhou o caminho da dança na busca pelo autoconhecimento e com sede de estudar consciência corporal e o movimento como expressão artística e da alma. Trabalhou um tempo como dançarina, entrou na UFPE em licenciatura em dança para entender melhor como trabalhar o movimento em sala de aula, se tornou professora e iniciou seu caminho pelo mundo da dança como prática terapêutica. A partir de muitos cursos que desenvolvem o olhar terapêutico no corpo e no movimento, Carolina iniciou sua pesquisa dentro da sala de aula com projetos de sensibilização corporal e dança. é artista e profissional autônoma, preza pelo corpo trabalhando com liberdade, alma, e sensibilidade pelas diferenças.