UMBA Música Africana com Manuel Castomo Mussundza

Por Manuel Castomo Mussundza

UMBA 
música da árvore e das cabaças.
Saberes de culturas moçambicanas ao som da esfera orgânica com balafom, instrumento musical comum na África subsaariana. O público é convidado a se relacionar com o pulsar da harmonia através do canto-conto-ritmo da África profunda. Umba inclui toda humanidade e todo mundo espiritual.

O repertório de Tsumbe é todo autoral, em cruzamento com histórias e memórias das histórias. Canto em língua nativa, as músicas falam sobre o esquecimento do corpo, da presença, é o poder das forças animistas. Umba é uma forma das pessoas chegarem em “casa”, este é o sentido do nome. Propõe dialogar as raízes do munthu “corpo-espírito” através dos instrumentos sagrados que mulaula “artista” reúne, soprando este material podemos tocar as vibrações não conhecidas da África que está em nós.  

Tsumbe é brincante da arte e da vida, do povo sena, nascido em Beira. Sua identidade é movimento que se cria numa teia de influências: memórias da infância com a própria mãe e a forma de se relacionar com os ancestrais. Autor do livro Gule Wankulu – ancestralidades e memórias.

“Sozinho não existo, a ideia parte de dois”

Serviço:
UMBA Música Africana com Manuel Castomo Mussundza
Dia: 25 de janeiro

Hora: 19h (duração de 1h30min)
Local: Maumau, Rua Nicaráguam 173
Entrada: contribuição voluntária (valor sugerido: R$ 10,00)